O impacto da saúde mental nos colaboradores

O Dia Mundial da Saúde Mental, assinalado a 10 de outubro, tem este ano uma importância acrescida. Com o surgimento da pandemia do Covid-19 e com a necessidade de confinamento, a temática da saúde mental e o seu impacto na qualidade de vida profissional e pessoal de cada indivíduo tem vindo a ser alvo de uma enorme preocupação por parte da sociedade e dos profissionais de saúde.

O impacto nos recursos humanos

O surgimento da pandemia do Covid-19 e o confinamento imposto no início de março deste ano, provocou várias alterações em diversas áreas, entre elas, a contratação e o acolhimento. O acolhimento ou onboarding, é o conjunto de procedimentos que têm como objetivo receber, adaptar e capacitar os profissionais recém-integrados na empresa e na sua cultura, parte integrante do setor dos RH.

Estando a trabalhar em regime de teletrabalho, o onboarding teve de ser abordado de uma forma diferente, passando para um acolhimento à distância, sem o convívio direto com os colegas de trabalho. Para alguns trabalhadores esta mudança teve um impacto muito grande no seu dia-a-dia. A falta de convivência com os seus pares, a permanência em casa 24 horas por dia e a inexistência da separação do horário laboral e pessoal registaram impactos profundos na saúde mental de cada pessoa.

Por forma a colmatar este isolamento e promover um maior convívio entre os colaboradores, algumas empresas promoveram mais videochamadas e aumentaram o estabelecimento do contacto com os colaboradores ao longo do dia.

 

Para assinalar o Dia Mundial da Saúde Mental e com o objetivo de ajudar todas as pessoas que necessitam de ferramentas para entender o estado da sua saúde mental, a ManifestaMente criou um curso online gratuito que ensina a identificar sinais de alerta e a encontrar soluções. Este curso, gratuito e em português, aborda temas fundamentais a que toda a gente deveria ter acesso, explicando o que é a saúde mental e como podemos cuidar da nossa.

É importante perceber que a saúde mental tem um impacto cada vez maior nos nossos pensamentos, nas nossas ações e nas nossas vidas e que o nosso estado de bem-estar não deve nunca ser descurado.

 

A Organização Mundial de Saúde define a saúde mental como “o estado de bem-estar no qual o indivíduo realiza as suas capacidades, pode fazer face ao stress normal da vida, trabalhar de forma produtiva e frutífera e contribuir para a comunidade em que se insere” (OMS, 2002). A saúde mental é, assim, entendida, não só como a ausência de uma doença, mas também como uma situação de bem-estar físico, mental e social.