Teletrabalho – 12 ferramentas essenciais

Para muitas empresas que se encontram em teletrabalho, são várias as opções viáveis para as manter no ativo e conseguirem coordenar as suas equipas, de forma mais simples e eficaz. A videoconferência é, de facto, a opção que mais tem sido adotada pelas empresas, bem como a partilha e edição de documentos em tempo real, tornando a comunicação entre equipas e entre clientes, mais rápida e segura.

Assim, apresentamos um conjunto de plataformas que poderá utilizar para gerir melhor o seu trabalho.

Gestão de projeto

Através das plataformas de Gestão de Projeto, é possível compartilhar com a equipa o que deverá ser feito, o que cada um irá fazer e o que já foi concluído. Tudo de forma simples e organizada para que nada deixe de ser feito, atualizando o estado das tarefas em tempo real. Existem ferramentas que tem o seu período de experimentação de 14 dias e outras que têm uma versão gratuita e os seus planos pagos.

  • Trello (0€ – 9,99€/ mês – consoante orçamento personalizado)
  • Asana  (0€ – 10,99€ – 24,99€ – consoante orçamento personalizado)
  • RunRun.it  (0€ – 9,99€/mês)
  • Artia  (0€ – 28€ – 47€ – 56€ /por cada Líder de equipa)

 

Partilha de documentos

Apesar de muitas ferramentas de Gestão de Projeto já terem integrado a partilha de documentos, por vezes pode não ser o suficiente para as empresas. Por esse mesmo motivo, deixamos alguns exemplos de plataformas que poderão ser utilizadas para esse efeito.

  •  Google Drive (15 Gb – gratuito)
  • Dropbox (2 Gb – Gratuito)
  • Idrive (Espaço – preço: 5gb / gratuito)
  • Wetransfer (Envio de ficheiros de maiores dimensões por e-mail – 0€ a 30€/mês)

 

Vídeo Conferência

Em tempos de emergência, muitas foram as empresas que estão a prestar a sua solidariedade, através da oferta dos serviços gratuitamente, durante os próximos 3 meses. Entre elas, temos:

  • Adobe Connect (Webinares, Sala de aulas virtuais, Reuniões virtuais)
  • Alcatel – Lucent Rainbow (Vídeo Conferência, Partilha de ecrã)
  • GSuite (Reuniões para até 250 participantes, possibilidade da gravação de videochamadas)
  • Wisp (Vídeo conferência, partilha de documentos através da integração de outras ferramentas google doc, asana)

 

Fazemos, ainda, referência a uma página, criada pelo Governo, onde encontramos outras Ferramentas que poderão ser utilizadas tanto por pessoas individuais, como Pequenas e Médias Empresas e Escolas. Tudo isto para que seja possível prosseguir no prestar de serviços e organização de equipas, através do teletrabalho.

Consultar Aqui!