Dicas para um trabalho remoto produtivo

Trabalhar a partir de casa, para quem não está habituado a fazê-lo pode parecer um grande desafio. Apesar de permitir uma maior flexibilidade de horários, o teletrabalho exige, um elevado nível de organização, autogestão e capacidade de colaboração entre empregado e empregador.

Conseguir concentrar-se na organização e gestão do tempo, definir o que é prioritário e, o mais importante, saber quando fazer os devidos intervalos, tornam-se estratégias essenciais. A verdade é que, em casa, as distrações e tentações para procrastinar surgem com mais regularidade.

Assim, tal como referido, o mais importante é saber organizar o seu tempo. Nestes dias é importante que defina/estabeleça o seu próprio horário, de acordo com a sua produtividade, tendo sempre em atenção os objetivos profissionais que tem para o seu dia. Para evitar distrações durante o período que estabeleceu, existem apps como a Freedom, que permitem o bloqueio de sites potenciadores de distração durante o período específico de trabalho.

Uma vez que irá trabalhar no seu espaço pessoal, torna-se essencial que crie o seu próprio local de trabalho. Organize a sua secretária colocando, nesse espaço, tudo aquilo que precisa para trabalhar, evitando estar sempre a levantar-se, perdendo o ritmo de trabalho.

É importante que mantenha a sua rotina. Continuar a vestir-se como se fosse para o seu local de trabalho é uma ótima estratégia para evitar a procrastinação.

Continuando a trabalhar em equipa, é importante que mantenha a comunicação com os seus colegas. A troca de comunicação deverá ser efetuada em canais acessíveis a todos, como o Slack ou o Teams, que colocam ao dispor de todos, inúmeras ferramentas de trabalho.

Ter música ambiente poderá ajudar na concentração e na criatividade, bem como manter o contacto com os amigos. Manter a comunicação informal e falar de assuntos não relacionados com o trabalho é essencial.

Apesar de estar a trabalhar em casa, deverá saber quando parar. É importante que mantenha as suas habituais pausas para as refeições e outras atividades não relacionadas com o âmbito profissional. É muito importante que faça pequenas pausas, para ir apanhar um bocadinho de ar e recarregar as energias, para se manter produtivo.

Estar em isolamento não é sinónimo de parar o exercício físico. Manter a atividade física é importante para a saúde física e mental. Existem cada vez mais aulas online, vídeos de exercícios que poderá fazer em casa, mesmo sem ter os equipamentos que dispunha no ginásio. Consulte aqui algumas sugestões !