A história de cada vegetal

A história dos vegetais remonta aos anos mais distantes da humanidade moderna, quando os caçadores saíram de África e começaram a espalhar-se pelo Planeta Terra. Após o nascimento das civilizações humanas, os vegetais foram considerados uma fonte de grande poder medicinal e nutricional. Eles fornecem nutrientes para nosso corpo e podem ser preparados das maneiras mais diversas, além de consumidos crus ou cozidos.

Certos tipos de hortaliças foram considerados extremamente importantes na história, chegando a ser mais valorizadas do que dinheiro em alguns períodos.

Batata

A batata que conhecemos hoje originou-se de espécies que cresciam nas altitudes da América Latina. Encontramos registos de vestígios de batatas encontrados ao sul do Chile que datam de 11 mil a.C.! Desde que os exploradores descobriram este vegetal, que rapidamente descobriram o seu poder, quer ao nível da alimentação, quer ao nível medicinal.

Tomate

Há 2500 anos, as civilizações do antigo império asteca viram o valor deste vegetal e integraram-no nas suas vidas. Atualmente encontra-se presente em muitos pratos e dietas e é considerado um ingrediente fundamental para os deliciosos molhos italianos.

Cenoura

A cenoura é um dos vegetais integrantes numa lista de legumes cultivados na Babilônia, no século 8 a.C.! A sua história abrange, milhares de anos e passa pelo cultivo desse legume nos campos do antigo Irã e do Afeganistão, com expansão para o Egito e a China.

Alho

A história do alho abrange um período de 9 mil anos de progresso humano, com crescimento e expansão para todo o mundo. A jornada do alho começou na Ásia central, espalhou-se pelo Oriente Médio e pelo norte da África em 3000 a.C., e rapidamente chegou à Europa.

Cebola

A história da cebola começou com os primeiros anos da humanidade. Este vegetal tem sido comido e cultivado desde os tempos pré-históricos e há registos e documentos que mencionam o consumo de cebola no Egito Antigo. A cebola permitiu a nossa sobrevivência, devido à sua facilidade de crescimento, capacidade de armazenamento para períodos de fome e propriedades medicinais e nutricionais.

Repolho

A história do repolho começou em algum lugar na Europa, cerca de 1000 a.C. Era uma planta selvagem, que foi cultivada e usada como alimento desde os tempos antigos, por ricos e pobres.

Pimento

O pimento teve origem na América do Sul e daqui se espalhou pelo mundo. É, desde então, um vegetal consumido e produzido em diversas partes do globo e usado em pratos coloridos e variados.

Espinafre

O lugar de origem do espinafre é a antiga Pérsia, ou o atual Irã e os países vizinhos. De lá, cruzou a Índia. Os antigos chineses conseguiram espinafre na Índia e apelidaram-no de “vegetal persa”. Lá encontramos a primeira menção escrita do espinafre, que diz que ele chegou à China pelo Nepal, por volta do ano 647. Hoje, cultivamos variantes que dão mais folhas, são mais saborosas e são uma boa fonte de vitaminas e minerais.

Beterraba

A beterraba começou a se popularizar na Idade Média. É um dos vegetais mais benéficos para nossa saúde – o seu consumo ajuda a reduzir a pressão arterial e as probabilidades de doença cardíaca, acidente vascular cerebral ou doença vascular periférica.

Abobrinha

A abobrinha foi fortemente desenvolvida na Itália no século 19, na região de Milão. É um vegetal relativamente novo no cenário mundial.

Gengibre

O gengibre teve origem nas selvas tropicais no sul da Ásia e sempre foi conhecido como um tempero e um remédio essencial. Nos dias de hoje ainda é usado no Oriente e no Ocidente como alimento, doce ou cura para doenças.

 

Fonte: See to crop