Produtos Fitofarmacêuticos e Proteção Integrada

Todos os produtos fitofarmacêuticos homologados em Portugal podem ser usados em proteção integrada, de acordo com a legislação em vigor.

De facto, a circular externa DSMDS/DGAPF n.º 02/2014, publicada pela DGAV em 2 de Janeiro de 2014, declara que, de acordo com a legislação em vigor, todos os produtos fitofarmacêuticos autorizados em Portugal, para o combate dos inimigos das culturas, são passíveis de serem utilizados em proteção integrada.

Por outro lado, a Lei n° 26/2013, de 11 de abril, desde o dia 1 de janeiro de 2014, torna obrigatória a aplicação dos princípios gerais da proteção integrada por todos os agricultores profissionais.